+55 51 3754-1112 +55 51-98181-1412 atendimento@imitur.com.br

Login

Cadastrar

Após criar uma conta, você poderá rastrear o status de seu pagamento, rastrear a confirmação e ainda avaliar o tour após seu término.
Nome de Usuário*
Senha*
Confirme a Senha*
Nome*
Sobrenome*
E-mail*
Telefone*
País*
*Criar uma conta significa que você está de acordo com nossos Terms of Service and declaração de privacidade

Já possui uma conta?

Login
+55 51 3754-1112 +55 51-98181-1412 atendimento@imitur.com.br

Login

Cadastrar

Após criar uma conta, você poderá rastrear o status de seu pagamento, rastrear a confirmação e ainda avaliar o tour após seu término.
Nome de Usuário*
Senha*
Confirme a Senha*
Nome*
Sobrenome*
E-mail*
Telefone*
País*
*Criar uma conta significa que você está de acordo com nossos Terms of Service and declaração de privacidade

Já possui uma conta?

Login

Cactário Horst

0
Dúvidas? Mais informações?
Dúvidas? Mais informações?
Nome Completo*
Endereço de E-Mail*
Sua dúvida ou questionamento*
Salvar na Lista de Desejos

Adicionar um item à lista de desejos requer uma conta

1008

Uma das atrações da cidade gaúcha de Imigrante é o Cactário Horst, que tem mais de 700 espécies da planta numa ampla área no centro. Imigrante fica na subida da Rota do Sol, saindo de Estrela em direção à Serra. O cactário é conhecido no Brasil e no exterior. Esta obra da família Horst começou a se formar na década de 60, quando Leopoldo Horst, um homem considerado muito à frente de seu tempo saiu à procura de novas espécies. O filho dele, Ingo Horst, é o responsável pelo cactário hoje. Ele acompanhou o pai em muitas viagens em busca de novas plantas. O cactário está aberto à visitação em Imigrante. Mesmo quem não estiver interessado em adquirir plantas, pode fazer uma visita.

É bem fácil chegar. Há placa na principal rua de Imigrante para quem chega a partir de Estrela. Quem desce saindo da Serra, vai chegar na rua principal e entrar à esquerda. O cactário fica numa rua mais para dentro, depois da igreja. Em caso de dúvida, basta perguntar que todo mundo conhece.

No cactário Horst há plantas de vários países, resultado das muitas viagens da família em busca de novas espécies.

Para o proprietário Ingo Horst, manter as estufas hoje, é uma forma de homenagear o pai, Leopoldo, que foi um pioneiro na sua área.

Mapa
Photos
Dúvidas?